Exposição Internacional, Paris, 1925

A Exposição Internacional de Artes Decorativas e Industriais Modernas que ocorreu em Paris, em 1925, teve como principal objetivo reforçar a recuperação da cidade após a Primeira Guerra Mundial.

A partir da renascença surgiu a classificação das artes, que passou a ser categorizada em pintura, escultura e arquitetura. Essa classificação foi considerada na organização do evento na cidade conhecida como a capital das artes, naquela época. Além disso, ocorreram exposições de artigos de luxo, tais como joalheria, cultura, perfumes, cristais, peles e mobiliário.

Os participantes representando a joalheira de luxo foram Boucheron, Cartier e Van Cleef and Arpels.

O estilo Art Déco permeava todos os tipos de arte no decorrer dos chamados Anos Loucos e, como não poderia ser diferente, também influenciou a moda

Algumas das personalidades mais influentes deste período histórico foram: 

Raoul Dufypintor francês, desenhista, ilustrador de livros, tecidos, tapeçarias e móveis, além de ceramista, decorador de interiores, etc.

Wassily Kandinsky, artista plástico russo, com nacionalidade alemã e francesa, professor da Bauhaus e introdutor da abstração no campo das artes visuais.

Salvador Dalípintor espanhol, conhecido pelo seu trabalho surrealista. 

Edvard Munchpintor norueguês, um dos precursores do impressionismo e do expressionismo.

A década de 20, no século passado, foi profícua em inovações, uma verdadeira revolução de costumes e hábitos sociais que impactaram a sociedade como um todo.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.